Storytelling: Como construir boas histórias?

Storytelling: Como construir boas histórias?

A arte de contar histórias não é algo novo ou inovador. Construir narrativas realmente boas, que emocionem, envolvam e conquistem a audiência é algo que vem de muita prática. Nem todo mundo está preparado para transmitir conhecimento que faça sentido de forma atraente e eficaz.

Desenvolver uma comunicação eficiente é essencial em uma era de excesso de informações, onde há grande oferta de conteúdos e disputa de audiência. Como conquistar essa atenção do seu público e ser lembrado por sua história? Considerando tudo isso, separamos algumas dicas para que você construa um bom Storytelling. Confira:

Tenha um objetivo claro

A maioria das fórmulas de argumento estão ultrapassadas e não causam mais impacto como antes. Por isso, você deve pensar em formas diferentes de impressionar o público, sempre transparecendo sua realidade na narrativa.

Essa técnica deve estar alinhada ao principal argumento da sua empresa, à razão pela qual sua startup existe. Falar da dor do mercado e sobre o motivo pelo qual você empreende, por exemplo, são bons tópicos para começar.

Foque no público

Quais tipos de conteúdos o seu público procura? Essa é a primeira pergunta que você deve responder para embasar a sua história. Essa criação também deve considerar para quem você está falando: clientes, investidores, possíveis parceiros ou uma audiência mista.

Por isso a importância de construir uma narrativa coerente, que dialogue com diversas pessoas em mídias e ambientes diferentes. Assim você conseguirá a atenção e o afeto de quem te escuta.

Siga passos para um bom Storytelling

Para construir uma boa narrativa e potencializar sua comunicação é necessário seguir alguns passos. Vamos a eles:

1 – Elabore uma história fabulosa

Use uma experiência que poucas pessoas vivenciaram, acontecimentos improváveis e que saiam da rotina. Lembre-se de que se nada de interessante acontece, a história não vale a pena.

2- Inclua um ensinamento vital

O Storytelling precisa transmitir valores para quem escuta, um propósito épico que faça sentido, contado de uma forma fantástica.

3 – Construa bons personagens

Para elaborar um bom personagem você pode usar arquétipos visando a identificação com seu público. A história em torno dele deve ser convincente, o que não implica, necessariamente, que ela deve ser realística. O fantástico é um ótimo recurso para desenvolver Storytelling.

4- Crie e resolva dramas

Conflitos baseados nos problemas do seu público também contribuem nesse processo de identificação. Mas além de criar é preciso resolver esses dramas ao longo da narrativa, criando um final que tenha propósito e que emocione sua audiência.

Utilize outros recursos e ferramentas

Um bom Storytelling não é feito apenas presencialmente e na oralidade. Recursos como fotos, vídeos e infográficos podem e devem ser usados para conseguir esse engajamento. Existem algumas ferramentas onde essa divulgação pode ser feito.

Um Storytelling é uma técnica de comunicação. Como vimos, ter de fato uma boa história para contar é essencial. Depois, é preciso elaborar uma narrativa que faça sentido, com conteúdo de qualidade, criando uma afetividade e identificação com seu público. Assim, não só sua história, como você, poderão ser lembrados pelo público.

Gostou? Quais outros conteúdos você quer ver por aqui? Conta pra gente nos comentários.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>