Startup Melhor Plano vence Seedstars World em Belo Horizonte

Startup Melhor Plano vence Seedstars World em Belo Horizonte

Considerada a startup mais promissora do ecossistema de Belo Horizonte pelo Seedstars World, a Melhor Plano venceu a etapa mineira da competição e agora segue para a final nacional, em São Paulo. O evento global, presente em mais de 80 países, aconteceu pela primeira vez na capital mineira e teve a participação de outras dez startups.

Os jurados Rafael Silva, da Unimed, Renata Petrovic, do Bradesco, Amanda Graciano da Biominas, Isabela Rugani da Venture Capital e Maria Noel da Seedstars assistiram aos pitches de cinco minutos de todas as startups, escolheram a Melhor Plano como a grande campeã da noite. Segundo e terceiro lugar ficaram com a Zippay e IndWise, respectivamente.

Acelerada pelo SEED MG nesta quarta rodada, a Melhor Plano é uma plataforma que compara planos de celular, banda larga, TV e telefone fixo e mostra qual operadora oferece a melhor oferta para o assinante. A solução já atraiu mais de 1,5 milhão de usuários para utilizar o serviço da empresa. Além disso, o programa conecta usuários com parceiros de venda, facilitando o processo de compra.

Para Pedro Israel, cofundador da Melhor Plano, a inscrição no evento serviu para perceber como os estrangeiros observam o nosso modelo de negócios. “A gente tem testado como a empresa é percebida do ponto de vista internacional. Esse foi o motivo de competir, e vencer foi uma alegria ainda maior”, comemora Pedro. É o segunda conquista da Melhor Plano em competições internacionais neste ano. A empresa também conquistou o segundo lugar no Startup Games, que aconteceu em setembro.

Organizadores e participantes do Seedstars Belo Horizonte

A gerente regional do Seedstars, Juliane Butty, que apresentou o evento, ressaltou o grande potencial empreendedor que Belo Horizonte possui. “Nós ficamos sabendo do San Pedro Valley e de BH, como a capital mais inovadora do Brasil. Por isso fizemos o evento na cidade, para conhecer e poder investir nas startups belo-horizontinas, mostrando para o mundo as oportunidades que existem aqui”, afirma.

Através da competição, a Seedstars tem o objetivo de impactar, promover e conectar startups de mercados emergentes com investidores. A vencedora da final nacional irá representar o Brasil na fase global, que acontece na Suíça em abril de 2018, podendo ganhar até 1 milhão de dólares em investimentos e prêmios. A organização também oferece um programa de aceleração de três meses com mentorias, parcerias e outros benefícios às startups selecionadas para o mundial.

SEED, Rede Mineira de Tecnologia Assistiva e Prefeitura de BH promovem debate para inclusão da pessoa com deficiência

SEED, Rede Mineira de Tecnologia Assistiva e Prefeitura de BH promovem debate para inclusão da pessoa com deficiência

Cerca de 30% da população de Belo Horizonte possui alguma deficiência, segundo levantamento do IBGE (2010). Em Minas Gerais, este público chega a 4.727 milhões. Apesar de ser um número expressivo, essa parcela enfrenta, diariamente, inúmeros obstáculos para viver dignamente. Mas o que acontece no nosso meio para facilitar a vida dessas pessoas? Diante deste questionamento, a Rede Mineira de Tecnologia Assistiva, em parceria com o SEED e a Prefeitura de Belo Horizonte, promove, nesta terça-feira (26), o Encontro Mineiro de Tecnologia Assistiva na capital mineira.

A iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Estado de Minas Gerais busca disseminar o conhecimento de tecnologia assistiva e a inclusão de pessoas com deficiência. De acordo com a coordenadora da Rede Mineira de Tecnologia Assistiva, Kátia Ferraz, este tipo de encontro é um meio de unir esforços para ações concretas e objetivas para diminuir a aflição desta sociedade.

“A Rede Mineira de Tecnologia Assistiva trabalha na realização de encontros e fóruns de inovação em Tecnologia Assistiva, assim como estimula a disseminação do conhecimento, apoiando o surgimento de startups aceleradas pelo nosso mais importante parceiro, que é o SEED”, explica Kátia, garantindo a importância de espaços para provocar o debate sobre o tema.

Kátia Ferraz, coordenadora da Rede Mineira de Tecnologia Assistiva

Uma das startups citadas foi a Geraes Tecnologia Assistiva, que busca resolver problema das pessoas com deficiência física e motora que não conseguem usar o computador, possuem dificuldade para se comunicarem ou serem incluídas na escola.

Assim como a Geraes Tecnologia Assistiva, que luta pela inclusão, o Encontro Mineiro de Tecnologia Assistiva busca potencializar os investimentos que tragam impacto social, promovam o desenvolvimento do Estado e a inclusão social das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Para que as pessoas utilizem recursos de tecnologia assistiva e se tornem cidadãos com capacidade contributiva, o evento discutiu sobre como promover a independência, qualidade de vida e inclusão social; como favorecer a comunicação, mobilidade e acesso de todos; para proporcionar maior controle de seu ambiente e potencializar habilidade de aprendizado e trabalho dessas pessoas.

Pelo segundo ano consecutivo, empreendedores do SEED se destacam no Startup Games

Pelo segundo ano consecutivo, empreendedores do SEED se destacam no Startup Games

Após passar por cidades como Londres, Santiago, Sydney, Singapura e Buenos Aires, foi a vez de Belo Horizonte sediar o Startup Games nos dias 16 e 17 de setembro. Pela primeira vez na capital mineira, a parceria entre o Consulado Britânico e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (Sedectes) levou 149 investidores nacionais e estrangeiros, 6 super Angels e 73 startups de diversas regiões do Brasil e do mundo – Índia, Peru, Alemanha, Chile, Bolívia, Quênia, México, Holanda e Portugal –  para competir na Praça da Liberdade.

Na disputa, as startups recebem 100 ações virtuais e, cada investidor 1 milhão de libras virtuais. A meta de cada startup é vender o menor número de ações, de forma a aumentar o valor da empresa; já o objetivo dos investidores é comprar ações de baixo valor, mas com futuro promissor. A competição é monitorada por meio de um aplicativo exclusivamente desenvolvido pela empresa mineira IOasys, que possibilita que tanto investidores quanto empreendedores acompanhem a valuation – estimativa de quanto um empreendimento vale, determinando seu preço e o retorno de um investimento em suas ações.

Ao todo, mais de 700 milhões de pounds virtuais foram negociados, em 1.400 ofertas durante todo o jogo. A disputa foi bastante acirrada e o resultado definido nos últimos segundos da competição. No domingo, startups que nem estavam no ranking das 10 melhores conseguiram alcançar resultados impressionantes, entre elas a campeã: a Biomimetic Solutions, composta por cinco jovens empreendedoras. A spin-off acadêmica do Cefet-MG, que alcançou a valuation de 869 milhões de libras, é responsável por produzir matrizes tridimensionais para o crescimento de órgãos e tecidos em laboratórios.

Melhor Plano, startup acelerada pela 4ª rodada do SEED, conquistou o segundo lugar na competição. A solução utiliza um banco de dados para comparar as melhores ofertas disponíveis para planos de celular, internet banda larga, TV por assinatura e telefone fixo na região do contratante.

Pedro Israel e Felipe Byrro (Melhor Plano), recebendo o prêmio do criador do Startup Games, Andrew Humphries, do embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan, e do subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação de Minas Gerais, Leonardo Dias

A medalha de bronze ficou com a MagCare, que propõe um tratamento alternativo para feridas de difícil cicatrização, reduzindo o tempo e o custo do tratamento, acabando com a infecção e o odor em 24 horas.

Dentre os investidores que mais se destacaram na competição, os quatro primeiros foram empreendedores do SEED. Paola Cicarelli da Cuboz, Natan Rebelo da Gamelyst, Nicólas Serrano da DataScope e João Gustavo Claudino da LOAD CONTROL, sucessivamente, foram os melhores investidores desta edição.

Beno Netto e Paola Cicarelli (Cuboz), que ganhou como a melhor investidora do Startup Games Belo Horizonte

 

Pelo segundo ano consecutivo, os mineiros dominaram o evento. Em 2016, a maior delegação era mineira, assim como as quatro primeiras colocadas da disputa: BeerOrCoffeeVirturianLett Pris, respectivamente, todas integrantes da terceira rodada do SEED.

O embaixador do Reino Unido no Brasil, Vijay Rangarajan, declarou que o estado de Minas Gerais segue sendo um importante parceiro do Reino Unido no âmbito da inovação e da tecnologia. “Experimentei o jogo participando como um potencial investidor e fiquei admirado como todos levaram a competição a sério, sinal de que estão muito bem preparados para fazer negócios. Parabéns aos participantes e aos vencedores desta edição, a maior realizada até o momento”.

Primeiro Startup Games em BH começa com muitas conexões entre empreendedores e investidores

Primeiro Startup Games em BH começa com muitas conexões entre empreendedores e investidores

Um dia de conhecimento, jogos, pitches e conexões com investidores nacionais e estrangeiros que estão de olho em boas ideias e startups inovadoras. Essa é a atmosfera do Startup Games – competição internacional realizada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SEDECTES) e o Consulado Britânico, neste final de semana, no Inova Minas Fapemig, na Praça da Liberdade.

Inédito em Belo Horizonte, o evento é uma vitrine mundial para os negócios. Neste ano, 73 startups de todo o Brasil participam da competição; destas, 35 são do SEED – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development, uma das maiores aceleradoras de startups da América Latina. Os participantes jogam por meio de um aplicativo que possibilita apresentarem seus negócios para possíveis investidores. Gostando do pitch, o investidor aplica um valor virtual na conta da startup. No final, ganha quem tiver maior investimento.

Momento de pitch

Para Andrew Humphries, criador do Startup Games, o evento é uma oportunidade para empreendedores pensarem de forma global, conectarem com investidores e conhecerem outros ecossistemas. “Vocês precisam acreditar nos seus sonhos e este evento oferece a chance de perceber que investidores também acreditam em suas startups”, afirma.

O contato com investidores foi um dos pontos mais importantes do game, segundo Bruna Kassab – CEO da Evoé, startup que fechou o dia na terceira colocação. “Fizemos muitas conexões, networking real com investidores, além de treinar pitch em inglês”, conta Bruna, garantindo ter se divertido durante todo o dia com o jogo.

Empreendedores e investidores durante competição na tenda

De acordo com subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da SEDECTES, Leonardo Dias, iniciativas como esta reforçam o investimento do Governo de Minas em Tecnologia e Inovação, que são dois dos pilares para o desenvolvimento do estado. “Minas Gerais possui o segundo maior ecossistema de empreendedorismo do país. Aqui estão grandes ideias e grandes startups. O Governo de Minas busca valorizar estes empreendedores e mantê-los em nosso estado”, afirma.

Seed recebe investidores da Bossa Nova e BMGUpTech

Seed recebe investidores da Bossa Nova e BMGUpTech

Startups que têm um bom time, já atuam em um mercado grande e que estão crescendo rapidamente. Este é o perfil que os investidores Pierre Schurmann e João Kepler Braga da Bossa Nova Investimentos e Rodolfo Santos, do BMG UpTech, buscaram no SEED, nesta semana.

Das cinco startups convidadas para conversar com os investidores, três receberam proposta. “As startups selecionadas atenderam às nossas expectativas. Agora, depende delas aceitarem nossa proposta e levantarem a documentação necessária”, explica João Kepler, garantindo que a Bossa Nova Investimentos aposta em startups em estágio de pré-seed – que já passaram pelo investimento anjo e aceleração. O aporte oferecido é uma tração para que as empresas alcancem o momento de SérieA, que é quando, normalmente, já faturam entre R$ 150 mil e R$ 200 mil.

 

O CEO da Load Control apresenta sua startup para os empreendedores

João Gustavo Claudino, CEO da Load Control, um dos escolhidos pelos investidores garante que o SEED foi a peça principal para esta conquista. “Aqui conseguimos conexões que não conseguiria sozinho”, afirma Claudino, garantindo que já levantou todos os documentos necessários para a parceria.

Veja as dicas dos especialistas para sua startup conquistar um investimento:
• Procure pela tese do investidor. No caso da Bossa Nova são negócios B2B, digitais, escaláveis e que estejam faturando próximo do break even, que é o ponto de equilíbrio operacional.
• Busque um investidor que seja da sua área. “Todos nós procuramos bons negócios” – João Kepler
• Deixe claro suas oportunidades de saída – as possibilidades de retorno do investimento.
• Procure faturar, gerando caixa para seu negócio. Pegue o dinheiro do seu cliente e invista na sua startup.

Startup brasileira focada em pilotos de avião lança nova aplicação no mercado

Startup brasileira focada em pilotos de avião lança nova aplicação no mercado

Por: NexAtlas

A ferramenta, que em seu protótipo já havia conquistado mais de 35 mil pilotos, acaba de ser lançada oficialmente em uma versão totalmente remodelada.

Pilotos de avião e helicóptero agora podem utilizar a nova aplicação web da startup NexAtlas para escolher a melhor rota aérea a ser percorrida em voo. O foco da ferramenta são os pilotos da aviação particular e executiva, cerca de 80% da indústria aeronáutica, que, diferente das linhas aéreas, possuem recursos limitados e são responsáveis por gerenciar toda a operação de voo por conta própria.

Idealizada por Vinícius dos Anjos, piloto e agora diretor da empresa, a ferramenta lançada auxilia na visualização de mapas aeronáuticos, traço da rota, cálculo do tempo de voo e combustível necessário, verificação de informações meteorológicas e dos aeroportos, além de prover navegação aérea por GPS.

O protótipo já havia sido tão bem recebido pela comunidade aeronáutica que registrou o cadastro de pouco mais de 50% do total de pilotos no país sem qualquer investimento em marketing. Decidimos fazer do projeto uma empresa e, para isso, era necessário buscar meios para nos capacitar e dedicar em tempo integral ao aprimoramento
constante da aplicação. Assim nasceu a NexAtlas, comenta Vinícius.

Para investir na ideia e aprimorar o protótipo construído, o piloto criou uma campanha de financiamento coletivo no início de 2016, arrecadando 94 mil reais através da contribuição de centenas de pilotos que acreditam na ideia. A campanha representou um marco na trajetória da startup e permitiu a criação de um time de profissionais que hoje conta também com uma especialista em marketing digital, um designer gráfico e dois programadores.

A equipe foi acelerada na 3ª rodada do SEED, iniciativa do Governo de Minas Gerais, e foi reconhecida na metade do programa como a “startup de melhor desempenho”, o que lhes rendeu um curso de empreendedorismo na Universidade de Stanford. No começo de 2017 foram selecionados para o Start-Up Chile e se mudaram para Santiago, onde têm se dedicado a estudar e refinar o modelo de negócios da empresa. Ao todo, foram levantados cerca de 274 mil reais em investimentos equity-free, além dos recursos próprios já investidos.

Esse período foi importante para que a startup pudesse trabalhar no aprimoramento da aplicação usando um sistema de construção colaborativa com sua comunidade de usuários. Foram meses colhendo feedbacks, ouvindo sugestões, consertando erros e remodelando o que seria posteriormente lançado como um produto oficial da NexAtlas.

“Estamos empenhados em trazer para o Brasil e tornar acessível as tecnologias mais avançadas que estão sendo desenvolvidas pelo mundo. Funcionamos de forma tão intuitiva e prática quanto um Google Maps para aviação e queremos garantir que nossos colegas pilotos utilizem sempre as informações aeronáuticas mais recentes para tornar seus voos ainda mais seguros”, afirma Vinicius. 

Ficou curioso para conhecer a aplicação? Seja um dos primeiros a acessar NexAtlas clicando aqui!

Confira as 40 startups selecionadas para 4ª rodada do SEED

Confira as 40 startups selecionadas para 4ª rodada do SEED

O tão esperado dia chegou! Confira a lista das 40 startups selecionadas para a 4ª Edição do SEED – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development, que terá início no dia 20 de junho de 2017.

  1. Acerto – Soluciona os problemas da falta de educação financeira sem um minuto de aula. Nossa primeira solução automatiza a renegociação de dívidas, que passa a durar menos de 1 minuto.
  2. Bkper Contabilidade simples para o G Suite. 
  3. Bunee.io compila informações sobre milhares de programadores com o nosso algoritmo inteligente, permitindo que você̂ recrute de forma ativa os melhores talentos para sua empresa
  4. Contraktor Legal Tech SaaS para PME’s aumentarem a performance na gestão, elaboração e revisão de contratos em nuvem.
  5. ConversionMonk – Plataforma otimizada de conversão automatizada alimentada por AI. 
  6. Cuboz.com – Reúna e gerencie facilmente milhares de pessoas. 
  7. DataScope – Revolucione suas operações de campo, com um gerenciador de tarefas sem problemas e coleta de dados instantânea. 
  8. Drop – Primeiro tratamento automatizado do mundo para reduzir a transpiração excessiva. 
  9. Dropo Automatiza a captura, venda e cobrança de clientes, para empresas que trabalham com assinaturas e mensalidade de serviços
  10. EduSim Plataforma de chatbot para complementar o ensino de línguas em sala de aula.
  11. Empreendimentos Digitais Ltda (MedLogic) Plataforma de gestão de Saúde especializada na atenção aos idosos.
  12. EvoéPlataforma de crowdfunding voltada para projetos culturais com o diferencial de aceitar projetos aprovados por leis de incentivo fiscal federal.
  13. Expediente Azul – Ferramenta para que as instituições financeiras escalem suas vendas reunindo automaticamente a documentação de um cliente que quer um empréstimo. 
  14. GamelystNetflix para Pc Games
  15. Geraes Tecnologia Assistiva – Empresa criada para empoderar as pessoas com deficiência por meio de soluções eletrônicas inovadoras.
  16. Health Link International LLC – Usando a TI para conectar pacientes com médicos e farmácias em poucos minutos, em todos os lugares. 
  17. Horta Mágica ® – Monte, plante e colha – Nova forma de plantio sem uso do solo, com o mínimo de água, espaço e energia. É perfeita para o uso urbano e podemos ir muito além: Queremos fazer a diferença no mundo!
  18. Imaginie Tecnologia Educacional LTDA – Plataforma adaptativa de aprendizado focada em melhorar a habilidade de escrita e comunicação dos estudantes.
  19. IntexfyInteligência Artificial para aumentar suas vendas
  20. Inturma- Plataforma que conecta universitários a organizações sociais, públicas e privadas para que aproveitem disciplinas, TCC’s e horas de extensão na execução de demandas de mercado.
  21. Kwema – Uma ferramenta de segurança alimentada pela comunidade.
  22. LinCarePlataforma destinada para o cuidado, bem-estar e  monitoramento da saúde de pessoas idosas que vivem ou passam grande parte do dia sozinhos.
  23. Lince – Marketplace que permite a oferta e reserva de vagas de estacionamento através do celular, contando com pagamento automático via cartão de crédito.
  24. Load ControlA ciência na prática contribuindo para reduzir o risco de lesão e otimizar o rendimento de atletas.
  25. LoyagramUma base de dados em nuvem que gerencia a experiência em tempo real do cliente. Uma plataforma analítica que ajuda empresas a capturar feedback acionável dos clientes através de canais off-line, on-line e social.
  26. MelhorPlanoAjuda seus usuários a economizar ao contratar o melhor plano de telefonia celular, fixo, banda larga, tv e combos.
  27. MonetusServiço de investimento on-line que está redefinindo o investimento no Brasil.
  28. MYPS – My Personal StylistPlataforma de Consultoria de Imagem e Estilo com compras online. A usuária responde a um teste de estilo gratuito e recebe indicações personalizadas de conteúdos e peças para compra.
  29. NETResiduos Gestão inteligente de resíduos
  30. Personal2travel – Geração de conhecimento para a indústria de viagem via criação de soluções de personalização da relação das empresas com os viajantes.”
  31. ProsasInvestidores sociais, governos, empreendedores sociais e cidadãos conectados para ampliar o impacto social.
  32. Pro-TreinoPlataforma de gerenciamentos de treinos de musculação.
  33. Recruta SimplesPlataforma de recrutamento mais rápida do Brasil. Com um único clique, postamos sua vaga de emprego em + de 60 sites e recebemos todos os candidatos num só local.
  34. RectrixInteligência para vender mais e melhor.
  35. Safetest Comércio de diagnóstico Ltda – Pesquisa, desenvolvimento e comercialização de kits diagnóstico para detecção de doenças em animais e humanos a partir do isolamento de antígenos específicos.
  36. SaiposRobô Gestor com PDV Integrado.
  37. Seja DiretoSistema multicanal de gestão de vendas complexas que une mundo virtual e real por meio da integração e automatização inteligente do processo de vendas, do anúncio ao atendimento na loja.
  38. Sii Technology (Sii Universe) – Plataforma de IoT que permite integrar e dar inteligência as coisas, integrando desenvolvedores, makers, empreendedores e usuários em um único local.
  39. TrackSchool – Gera segurança às crianças e tranquilidade aos pais, gestão e redução de custos às prefeituras e oportunizar novos negócios e fidelização para os motoristas.
  40. Tullpi – Plataforma de jogos educativos para ajudar crianças a entender conceitos básicos e cruciais de matemática, combinando o uso interface digital com material concreto.